Comunicado da Direção do Lusitano Ginásio Clube

A Direcção do Lusitano Ginásio Clube tomou conhecimento da publicação no dia 7 de Junho de 2018, de um post no Facebook do Dr. Nuno Madeira Rodrigues, Presidente do Conselho de Administração da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD, onde se teceram considerações relativamente às quais se impõe uma resposta no propósito confesso de esclarecer os sócios e adeptos do Lusitano Ginásio Clube.
É verdade que assiste à equipa do Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD o direito de participação na edição 2018/2019 da Liga Carmim, organizada pela AF Évora, bem assim como na 1ª eliminatória da edição 2018/2019 da Taça de Portugal, organizada pela FPF.
Tal como é igualmente verdade que uma equipa do Lusitano Ginásio Clube poderá participar em tais provas, se a Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD lhe transmitir de imediato, na totalidade, de forma plena, sem quaisquer restrições, limitações ou condicionantes os direitos desportivos. No fundo, tais direitos desportivos retornariam ao Lusitano Ginásio Clube.
Sendo certo que tal situação foi assegurada e afiançada pela Associação de Futebol de Évora, na sequência de um pedido de esclarecimento da Direcção do Lusitano Ginásio Clube e cujo teor é também do conhecimento do Dr. Nuno Madeira Rodrigues.
Porém, tal como é cabalmente demonstrado e assumido de forma pública e expressa pelo Presidente da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD, Dr. Nuno Madeira Rodrigues, tal transmissão dos direitos desportivos não é por si desejada, maugrado ter total consciência dos danos e prejuízos que daí poderão advir para o presente e futuro do desporto sénior do Lusitano Ginásio Clube.
Tal posição, aliás, é deveras estranha e anómala, quando o mesmo alude à sua passada, presente e futura intenção de auxiliar o Lusitano Ginásio Clube, quando, afinal, tal não corresponde à verdade.
E tanto que não é verdade que o Presidente da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD, Dr. Nuno Madeira Rodrigues, comunicou no dia 7 de Junho de 2018, a esta Direcção, o seguinte: “Não haverá qualquer cedência gratuita de direitos desportivos, os quais até cessação legal por não utilização e participação nas provas oficiais, ficarão suspensos.”.
Em tal comunicação mais refere que: “A insolvência da SAD terá uma duração de alguns meses e os ativos serão alocados ao credor principal e único, ou seja eu através da DP SGPS”
Decorre de tal comunicação do Presidente da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD, Dr. Nuno Madeira Rodrigues, as suas reais e verdadeiras intenções e que não passam por uma genuína e desprendida vontade de auxiliar o Lusitano Ginásio Clube, antes pelo contrário.
Resulta do exposto que bem decidiram os sócios do Lusitano Ginásio Clube, em sede de Assembleia-Geral, e com uma sintomática votação de 97% dos presentes, em deliberar que o Lusitano Ginásio Clube, na sua qualidade de accionista da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD, diligenciasse no sentido da extinção desta, com a imediata transmissão dos direitos desportivos para o Lusitano Ginásio Clube.
Insurge-se o Presidente da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD, Dr. Nuno Madeira Rodrigues, pelo facto de não ter sido convidado a estar presente na aludida Assembleia-Geral, desconhecendo, porventura, que a mesma está reservada, estatutariamente, aos seus sócios. Ora, o Dr. Nuno Madeira Rodrigues, nunca cuidou ou manifestou vontade de se tornar associado do Lusitano Ginásio Clube, desde 2016 até à presente data, o que não deixa de ser elucidativo, dispensando-se outras considerações a tal respeito, por evidentes e sintomáticas.
Refere ainda o Dr. Nuno Madeira Rodrigues que espera que “o Lusitano possa reencontrar o caminho das vitórias e do sucesso que tanto merece, expressando desde já a maior solidariedade para com a atual Direção no combate aos inúmeros obstáculos que atualmente ameaçam de forma quase irreversível a sobrevivência do próprio Clube”.
Caro Dr. Nuno Madeira Rodrigues, Presidente da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD, a solidariedade publicamente anunciada e apregoada por si, poderá e deverá ser traduzida em atitudes e comportamentos concretos, como seja, a transmissão imediata e gratuita dos direitos desportivos para o Lusitano Ginásio Clube.
Sendo certo que, o Lusitano Ginásio Clube não hesitará em recorrer à via judicial, sem mais delongas, no sentido de salvaguardar os seus legítimos interesses e direitos e responsabilizar todos aqueles que lhe causem danos e prejuízos, quer a nível desportivo, quer a nível económico e financeiro.
Ainda assim, a Direcção do Lusitano Ginásio Clube lança daqui um apelo veemente ao Dr. Nuno Madeira Rodrigues, Presidente da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD, no sentido do bom senso prevalecer e este diligenciar pela imediata transmissão dos direitos desportivos para o Lusitano Ginásio Clube.
Por último, informa-se que o Presidente do Lusitano Ginásio Clube, Luís Valente, irá conceder uma entrevista às Rádios Diana e Telefonia, assim como, ao jornal Diário do Sul, no próximo dia 11 de Junho, no propósito de serem prestados todos os esclarecimentos aos sócios, adeptos e simpatizantes deste Clube, face à tomada de posição do Dr. Nuno Madeira Rodrigues, Presidente da Lusitano Ginásio Clube, Futebol, SAD.
É tempo de união. Somos o Lusitano Ginásio Clube !
0