segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

"Tiro ao Boneco" em Santiago Maior


O Lusitano Ginásio Clube assumiu este fim-de-semana a liderança isolada da Divisão de Honra - Série A, após golear o Santiago Maior por 6-0 e beneficiar da surpresa proporcionada pelo Aldeense que "empatou" os Canaviais.
A boa exibição da semana passada no Outeiro e a consequente subida à liderança levou à presença de muitos adeptos do Lusitano em Santiago Maior superando em  número os adeptos da equipa da casa.
O jogo propriamente dito não teve grande história, o Lusitano começou o jogo a "todo o gás" e logo no primeiro minuto teve duas oportunidades para fazer golo. David Faianco desperdiçou a primeira hipótese mas Miguel Rosado marcou logo na jogada seguinte. Um minuto, um golo, duas oportunidades, os jogadores do Santiago Maior sem tocarem na bola e o expectro dos 10-0 obtidos na 1ªvolta voltou a pairar no ar.
Durante a resto da primeira parte o jogo só teve um sentido, o da baliza do Santiago Maior, o Lusitano dominava e não deixava o Santiago Maior jogar. Miguel Rosado desperdiçou outra grande oportunidade aos 11' quando cabeceou rente ao poste uma "bola de golo" estando a defensiva contrária completamente batida. Aos 19' David Faianco elevou para 0-2 e aos 32' Miguel Rosado para os 0-3. O jogo decorria com relativa facilidade e com uma grande exibição do Lusitano até ao momento.
O intervalo chegou com o Lusitano a vencer por 0-3 e podemos considerar que o resultado era escasso para o dominio exercido pelo Lusitano. A equipa de Santiago Maior não teve uma oportunidade golo digna desse nome durante os primeiros 45' e limitou-se a ver jogar o Lusitano.
A segunda parte seguiu a mesma toada que a primeira, o Lusitano joga e cria oportunidades e o Santiago Maior tenta defender como pode. Aos 47' David Faianco, aos 62' Bruno Nascimento e aos 82' João Nobre elevam o marcador para o resultado final de 0-6 trazendo maior justiça ao marcador.
Pelo meio ficaram um sem número de oportunidades de golo: Kiko desperdiçou outro golo aos 60' ao fazer uma recarga para fora a um livre de João Aldeano quando a baliza estava praticamente deserta; aos 63' João Aldeano remata do "meio da rua" para uma defesa monumental do guarda-redes; aos 68' David Faianco surge isolado frente ao guarda-redes que defende com grande dificuldade, etc...
Podemos dizer que o Lusitano marcou seis golos mas poderia ter chegado aos dez novamente, bastava ter um pouco mais de "pontaria".  Os jogadores do Santiago Maior não disporam de uma oportunidade de golo durante todo o jogo, limitaram-se a defender o melhor que puderam e a discutir com tudo e todos:  o árbitro, os árbitros assistentes, os jogadores do Lusitano, a equipa técnica do Lusitano, o público afeto ao Lusitano, etc...
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Direitos de Autor

APESAR DE TEREM SIDO FEITOS TODOS OS ESFORÇOS NO SENTIDO DE NÃO VIOLAR OS DIREITOS DOS DETENTORES DOS DIREITOS DE AUTOR DOS DOCUMENTOS CONSTANTES NESTE BLOGUE, PODEM TER SIDO COMETIDOS ERROS POR DESCONHECIMENTO. QUEM SE IDENTIFICAR COMO DETENTOR DOS DIREITOS DE AUTOR DE DOCUMENTOS AQUI REPRODUZIDOS E CASO SE OPONHA À SUA CONTINUAÇÃO ON-LINE, SOLICITA-SE QUE CONTACTE O ADMINISTRADOR DO BLOGUE PELO E-MAIL DE CONTACTO PELOSIROS.NA.NET@GMAIL.COM E ESSES DOCUMENTOS SERÃO IMEDIATAMENTE RETIRADOS DO BLOGUE.

Recomendamos